Facebook

Última Atualização do site:  

03/02/2023 16:16:31

Zmail
Cadastro Rural
ÚLTIMAS NOTÍCIAS /
Visualizada 370 vezes
  O número de pessoas atingidas pela
Quarta-feira, 09 de setembro de 2015
 
 

 

O número de pessoas atingidas pela chuva que teve ventos de até 113 km/h aumentou de 94.362 para 98.213, segundo o boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual às 8h desta quarta-feira (9). O temporal atingiu o estado entre segunda (7) e terça-feira (8) e causou destelhamentos e alagamentos em várias regiões. Ao todo, 35 municípios foram atingidos e e 27 pessoas ficaram feridas.

Na manhã desta quarta, o tempo melhorou e os moradores aproveitam para tentar reparar os dados.

De acordo com o boletim, o município mais atingido foi Foz do Iguaçu, na região oeste. Ao todo, 60 mil moradores foram atingidos e a prefeitura chegou a decretar estado de emergência. Mais de 14,9 mil residências foram prejudicadas pelos ventos fortes que atingiram a região.

saiba maisParaná já tem mais de 94 mil pessoas atingidas pela chuva, diz Defesa Civil
Chuva forte deixa estragos em 22 cidades do Paraná, diz Defesa Civil
Distribuição de lonas em Foz deve ser retomada na tarde desta terça-feira
Após granizo, Prefeitura de Foz do Iguaçu decreta estado de emergência
Confira os locais de doações para
as vítimas das chuvas no Paraná
Cerca de oito mil alunos de escolas municipais e estaduais continuam sem aula. A previsão é que sejam retomadas somente a partir de sexta-feira (11). Os trabalhos para a recuperação dos estragos continuam e as doações estão sendo concentradas no Caic do Porto Meira.

Depois do temporal, os bombeiros alertam para os riscos de acidentes com quedas de telhado. Até esta quarta, já haviam sido registrados 14 casos na fronteira. Ao menos duas pessoas permaneciam internadas até esta manha, uma delas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Foz do Iguaçu.

Já em Santa Helena, também no oeste, os moradores do distrito de São Roque continuam sem energia elétrica. Segundo a Copel, o tempo úmido está dificultando o acesso dos técnicos, que precisam trocar ao menos três postes de energia. Como as bombas dos poços não estão funcionando, a prefeitura está distribuindo água em caminhões pipa para os moradores.

A Defesa Civil informou ainda que 24.215 residências foram danificadas e que 72 moradores estão desabrigados. Outros 3.344 estão alojados em casas de parentes e amigos.

Temporal causou destelhamentos e alagamentos
em várias regiões do Paraná
(Foto: Vanessa Rumor / RPC )
Estragos pelo estado
Em Planalto, na região sudoeste, os ventos chegaram a 113 km/h, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A rede elétrica foi restabelecida em quase toda a cidade, mas os postes que levam energia até a bomba d′água ainda não foram trocados e a distribuição continua suspensa.

Nova Esperança, no noroeste, também sofreu com a chuva. Segundo a Defesa Civil, 20.314 pessoas foram atingidas na cidade.

Em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, 2.029 pessoas foram atingidas e 506 casas ficaram destelhadas.

 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: De Segunda à Sexta das 8:00 às 11:30 e das 13:00 às 17:30

Rua Pref. José Buhrer Junior, 462 - Centro

Cep: 84430-000 - IMBITUVA - Paraná

(42) 3436-12 33

prefeitura@imbituva.pr.gov.br