Facebook

Última Atualização do site:  

19/11/2018 17:06:51

Zmail
Cadastro Rural
ÚLTIMAS NOTÍCIAS /
Visualizada 71 vezes
Paranaense atuou como intérprete voluntária no resgate de meninos presos em caverna na Tailândia
Quinta-feira, 12 de julho de 2018
 
 

A paranaense Tatiane Araújo atuou como intérprete voluntária de militares americanos durante o resgate dos 12 meninos, integrantes de um time de futebol, e do técnico deles, que ficaram presos por mais de duas semanas em uma caverna na Tailândia.

Os militares ajudaram nos estudos da caverna e da logística para o resgate, e Tatiane trabalhou na tradução das entrevistas dos americanos à imprensa tailandesa.

“Eu me senti assim, um pouco útil nesse trabalho e só o fato de você estar servindo nessa hora de dificuldade, ou seja, é a hora que eles mais precisavam, eu estava lá. Eu pude ajudar um pouquinho, foi muito pouco o que eu fiz, mas eu me senti muito útil e feliz por ter participado desse momento. E eu acho que é uma sensação de missão cumprida pra todo mundo que participou”, disse em entrevista à RPC Ponta Grossa feita pela internet.

Natural de Arapoti, nos Campos Gerais do Paraná, Tatiane mora há seis anos em Chiang Rai, no norte da Tailândia. Ela é professora missionária de uma Igreja Batista e dá aulas de inglês para crianças em uma escola da mesma cidade dos meninos que ficaram presos na caverna.

Tatiane Araújo foi intérprete de militares americanos nos estudos da caverna e da logística de resgate dos meninos na Tailândia (Foto: Reprodução/RPC)

Logo que as crianças foram consideradas desaparecidas, e os trabalhos de busca começaram, o governo tailandês anunciou o pedido de ajuda de vários profissionais: tradutores, engenheiros, geólogos e pessoas ligadas à área da saúde.

Como a Tatiane fala inglês e tailandês fluentemente ela não pensou duas vezes: fez o cadastro e ficou à disposição para ser voluntária.

“As pessoas estavam dando o máximo lá. Muitas pessoas também subiram para lá [para a área da caverna] para serem voluntárias na área de comida, de limpar o lixo, muitos, muitos voluntários, muitas pessoas envolvidas. Mais de 1,3 mil pessoas envolvidas”, contou.

Durante o trabalho, Tatiane conheceu e conversou com alguns familiares dos meninos. Ela também postava vídeos nas redes sociais, acompanhando o trabalho das equipes de resgate.

Em um desses vídeos, a voluntária vive a emoção da chegada das últimas ambulâncias que levaram os meninos e o treinador para o hospital.

 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: De Segunda à Sexta das 8:00 às 11:30 e das 13:00 às 17:30

Rua Pref. José Buhrer Junior, 462 - Centro

Cep: 84430-000 - IMBITUVA - Paraná

(42) 3436-1233

prefeitura@imbituva.pr.gov.br